Menu
CCBB recebe a mostra “100 ANOS DE ATHOS BULCÃO”

CCBB recebe a mostra “100 ANOS DE ATHOS BULCÃO”

O universo da obra de Athos Bulcão compreende muito mais do que a azulejaria, que o notabilizou no Brasil e no mundo. Seu legado artístico é notável também nos desenhos, nas pinturas, nas fotomontagens, nos cenários e figurinos e na estreita relação ...

  1. Artes Visuais
  2. Cinema
  3. Show
  4. Teatro
Magia de Robert E. Kuhn

Magia de Robert E. K…

Abre neste sábado, dia 8, abre a exposição “Magia ...

Zanini de Zanine - Planos Maciços

Zanini de Zanine - P…

Luciana Caravello Arte Contemporânea inaugura, no ...

Almandrade - Investigações visuais

Almandrade - Investi…

Almandrade, um dos principais nomes da poesia visu...

Galeria Athena apresenta a exposição Vanderlei Lopes – Arena

Galeria Athena apres…

A Galeria Athena apresenta, a partir do dia 29 de ...

“Aquaman” estreia nos cinemas UCI

“Aquaman” estreia no…

Uma das estreias mais aguardadas da temporada, “Aq...

Cinema argentino ganha mostra no Rio

Cinema argentino gan…

A Caixa Cultural Rio de Janeiro recebe, de 11 a 23...

“O Realismo Social no Cinema de Mike Leigh” faz importante retrospectiva do cineasta britânico

“O Realismo Social n…

“O Realismo Social no Cinema de Mike Leigh” estará...

Brenno apresenta show de R&B e indie na Audio Rebel

Brenno apresenta sho…

No dia 23/12 (domingo), a Audio Rebel recebe em se...

Gangrena Gasosa apresenta seu saravá metal na Lapa

Gangrena Gasosa apre…

A lendária banda de saravá metal carioca Gangrena ...

Juninho Thybau comanda a última roda “Na Porta de Casa” de 2018

Juninho Thybau coman…

Dia 23 de dezembro, Juninho Thybau vai comandar a ...

Melyra e Venuz lançam novos trabalhos em show no Garage

Melyra e Venuz lança…

O sexo não é frágil e o som é pesado. Formadas exc...

Espetáculo “No Pirex” no CCBB Rio

Espetáculo “No Pirex…

O espetáculo “No Pirex”, do Grupo de Teatro Armatr...

“POR ELAS” reestreia na Caixa Cultural RJ

“POR ELAS” reestreia…

Uma mulher é lançada do quarto andar pelo namorado...

O drama “Joio”, da Cia. Cerne, reestreia no Teatro Café Pequeno

O drama “Joio”, da C…

O Teatro Municipal Café Pequeno recebe o espetácul...

  1. Dança
  2. Evento
  3. Fotografia
  4. Música
Cia de Dança contemporânea apresenta o espetáculo “Aponte”, inspirado nas músicas de Maria Bethânia

Cia de Dança contemp…

Formado por graduados da Faculdade Angel Vianna, a...

Mostra do estúdio DreamWorks Animation chega ao Brasil em fevereiro

Mostra do estúdio Dr…

O CCBB do RJ e o CCBB de BH serão palco de uma exi...

Rio Parada Funk faz edição especial de ano novo

Rio Parada Funk faz …

O final de ano já chegou e os fãs do movimento Fun...

Programação de Natal no CCBB Rio conta com diversas atrações

Programação de Natal…

Uma aventura natalina contada e cantada ao som de ...

Feira internacional de artesanato reúne objetos de cinco países

Feira internacional …

A Mostra Mundi – Mostra Internacional de Cultura e...

Mostra de Alécio de Andrade e lançamento de livro com correspondências do fotógrafo

Mostra de Alécio de …

 “Uma arte vinculada com a mais fugitiva e perene ...

Exposição apresenta fotografias do maliano Seydou Keïta

Exposição apresenta …

A mostra Seydou Keïta, chega ao IMS Rio. A exposiç...

Alfredo Del-Penho lança CD autoral de inéditas com parceiros de três gerações

Alfredo Del-Penho la…

Samba Só é o primeiro disco solo de Alfredo Del-Pe...

Mais recentes dos colaboradores

  • Escrita por
    Lista de Natal para aliviar o calor tropical

    O calor carioca se apresenta em toda a sua glória. Uma amiga avisa que está na praia, bebendo cerveja e lendo A amiga genial (Biblioteca Azul, R$ 37,72), de Elena Ferrante, enquanto desbravo, sob o ventilador, hesitando entre deixar a leitura e trabalhar, Assombrações (Todavia, R$ 37,72), de Domenico Starnone.  O autor, que já ganhou o maior prêmio literário italiano, o Stregha, em 2001, tem o mesmo estilo arrebatador de Ferrante, pseudônimo que esconderia a tradutora Anita Raja, casada com Starnone. Há alguns anos, Starnone foi apontado como quem estaria por trás dos títulos assinados pelo fenômeno de vendas e crítica até uma investigação jornalística chegar a Anita Raja, cruzando dados do imposto de renda para comprovar a compatibilidade do aumento de patrimônio do casal com o sucesso da Tetralogia de Nápoles.

    Escrito em Segunda, 17 Dezembro 2018 14:53 Leia mais ...
  • Escrito por
    Um CD lindo

    O lindo disco de Olivia Hime, Espelho de Maria – Canções de Dori Caymmi, Edu Lobo e Francis Hime (Biscoito Fino), reflete seu universo de êxtases e afeições.

    Escrito em Quinta, 13 Dezembro 2018 13:48 Leia mais ...
  • Escrita por
    Campanha de Natal

    A partir da falência das duas maiores redes de livrarias do País, o editor Luiz Schwartz, da Companhia das Letras, lançou um apelo para a compra de  livros como presente de Natal. A campanha, para muitos, denuncia a indiferença do brasileiro pelo livro. No entanto, as editoras, mesmo quando se escudavam nas compras do governo,  buscaram cativar seu público,  dando formato de luxo aos romances picantes  vendidos em bancas de jornal e às aventuras de cavaleiros em luta contra o mal, por vezes montados em dragões, com auxílio de elfos e fadas.

    Escrito em Sábado, 08 Dezembro 2018 11:47 Leia mais ...
  • Escrito por
    A emoção de um trovador

    Francisco Fuzzetti de Viveiros Filho nasceu em São Luís do Maranhão. Ao completar dezoito anos, desceu para São Paulo e cursou a Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP. Influenciado pelo ambiente musical da época, fez-se compositor e violonista. Àquela altura, conhecido apenas como Maranhão, tocou violão na premiada montagem de Morte e Vida Severina (1968), de João Cabral de Melo Neto, cujos versos Chico Buarque musicou.

    Escrito em Sexta, 30 Novembro 2018 11:06 Leia mais ...
  • Escrito por
    Feliz Natal

    Quando menos se espera

     Tornou-se folclore no memorial da imprensa brasileira a história do redator que, sem inspiração para a manchete de uma edição de 25 de dezembro, tacou lá no alto da página, em letras maiúsculas e exclamação:

         QUANDO MENOS SE ESPERA, CHEGA O NATAL!

    Acertou em cheio. Geralmente, quando pensamos que ainda estamos no meio do ano, ela chega, provocando na gente aquela frase mais manjada do que a ideia do redator:
    “Puxa! Como este ano passou depressa...”

    Há quem espere o Natal fazendo contas (os comerciantes), se preparando para trabalhar pelo ano inteiro (a turma que faz bico como papai Noel) ou bebendo para esquecer (o peru da ceia); alguns torcem para que o dezembro todo passe logo, carregue com ele o janeiro e o fevereiro, venha logo março e a voltas às aulas (os pais daquele moleque que passa as férias inteiras em casa, grudado no videogame).

    O certo é que, quando menos se espera, a gente sente certo prazer em abraçar aquela pessoa querida e dizer “Feliz Natal”.

    E isso é o que conta.

    Escrito em Segunda, 26 Novembro 2018 11:06 Leia mais ...