Menu

A festa do cinema de futebol vai começar!

A festa do cinema de futebol vai começar!

Uma rara seleção de filmes com entrada franca em diversos locais O CINEFOOT-FESTIVAL DE CINEMA DE FUTEBOL dá o pontapé inicial para a sua nona edição de 20 a 25 de setembro, no Rio de Janeiro, apresentando uma programação composta por 40 filmes, com entrada franca.

O festival conta esse ano com 25 filmes brasileiros e 15 internacionais oriundos do Uruguai, França, Itália, Suécia, Argentina, Suíça, Espanha, Estados Unidos, Inglaterra e Alemanha.

Em 2018, o CINEFOOT realizará as suas mostras competitivas de curtas e longas-metragens pela primeira vez no Estação Net Botafogo, além das mostras especiais no CCBB-Centro Cultural Banco do Brasil e CCJF-Centro Cultural Justiça Federal. O festival estará presente também em Niterói, no Cine Arte UFF.

No Cinemaison e no Cine Teatro Eduardo Coutinho acontecem duas sessões especiais do CINEFOOT.

Programação 9º CINEFOOT:

SESSÃO ESPECIAL DE ABERTURA pela primeira vez no ESTAÇÃO NET BOTAFOGO
Dia 20, quinta-feira, às 20h
 
O longa URUGUAIO "PARA SEMPRE CHAPE“ É O FILME DE ABERTURA DO 9˚ CINEFOOT QUE CONTARÁ COM A PRESENÇA DO DIRETOR LUIS ARA HERMIDA

Em 2016, a Chapecoense se classificou para a final da Copa Sul-Americana, algo inédito para o clube até então. Mas a trajetória histórica foi interrompida no dia 28 de novembro do mesmo ano, quando o avião que transportava o time sofreu um grave acidente, provocando a morte de 71 pessoas. A história não parou e, em homenagem às vítimas e aos sobreviventes da tragédia, clube e torcedores procuram seguir em frente. O documentário tem depoimentos dos sobreviventes, familiares e autoridades envolvidas com o acidente, além de outros personagens em gravações realizadas em Medellín, Chapecó, Montevidéu e Barcelona.
 
"SUPERSTIÇÃO E FUTEBOL“, joia rara redescoberta por Sylvio Lanna, o curta também estará na sessão especial de abertura

Décadas depois, o Diretor Sylvio Lanna localizou "SUPERSTIÇÃO E FUTEBOL” e exibirá o curta-metragem nesta sessão histórica no CINEFOOT. Ganhador do Festival Internacional de Oberhausen em 1970, o filme burlou magistralmente a censura da ditadura militar, sendo enviado para o festival com apoio das autoridades diplomáticas da Alemanha no Rio de Janeiro. A equipe do filme produzido em 1968, conta com nomes marcantes do cinema brasileiro, como Andrea Tonacci, além dos jornalistas José Cunha e José Trajano no início de suas carreiras.

O filme trata da superstição e crenças de caráter religioso ligadas ao futebol. Tem Pai Santana num centro de umbanda, jogadores em reza constante nos vestiários e Pelé num depoimento na Vila Belmiro há 50 anos. O Diretor Sylvio Lanna será homenageado na sessão especial de abertura do CINEFOOT.

AS MOSTRAS COMPETITIVAS DE CURTAS E LONGAS-METRAGENS
De 20 a 25 de setembro, de quinta a terça-feira, no ESTAÇÃO NET BOTAFOGO
 
Para a MOSTRA COMPETITIVA DE LONGAS-METRAGENS no Rio de Janeiro, o CINEFOOT reúne sete filmes, todos inéditos no Brasil.
São eles:

1) SANGUE DE CAMPEÕES (Dir. Sebastián Bednarik e Guzmán García, Uruguai/Brasil);
2) FUTEBOL PARA MELHOR OU PARA PIOR (Dir. Inger Molin, Suécia);
3) BOBBY ROBSON: MAIS QUE UM TREINADOR (Dir. Gabriel Clarke e Torquil Jone, Inglaterra);
4) AS COPAS POR UM CLIQUE (Dir. Douglas Lima e Jefferson Rodrigues, Brasil);
5) MÁRIO (Dir. Marcel Gisler, Suíça);
6) O OUTRO LADO DA BOLA (Dir. Diego Crespo, Argentina);
7) TRIUNFO (Dir. Kreshnik Jonuzi, Luftar Von Rama e Charlie Askew, Estados Unidos).

O CINEFOOT premiará o melhor filme de longa-metragem exclusivamente através do voto popular.
 
Para a MOSTRA COMPETITIVA DE CURTAS-METRAGENS no Rio de Janeiro, o CINEFOOT selecionou 7 filmes.

São eles:

1) FONTE NOVA (Dir. Matheus Vianna, Brasil-BA);
2) POBRE YURINHO (Dir. João Ademir, Brasil-RJ);
3) NANDO-O JOGADOR ANISTIADO (Dir. João Wainer, Brasil-SP);
4) CRAQUE (Dir. Julián Candón, Espanha);
5) A PRIMEIRA (Dir. André Gallindo, Brasil-RJ);
6) UM BAYERN DIFERENTE (Dir. Matthias Koßmehl, Alemanha);
7) EM LA BOCA (Dir. Matteo Gariglio, Suíça/Argentina)

O CINEFOOT premiará o melhor filme de curta-metragem exclusivamente através do voto popular

CINEFOOT / RIO DE JANEIRO / SESSÕES ESPECIAIS DE HOMENAGEM
De 20 a 24 de setembro, de sexta a segunda-feira, no ESTAÇÃO NET BOTAFOGO

20/09, QUINTA, ÀS 20h
Sylvio Lanna, Diretor do filme "SUPERSTIÇÃO E FUTEBOL”. Tributo ao Diretor pelo resgate de um tesouro cinematográfico brasileiro produzido em 1968, portanto, há 50 anos.

21/09, SEXTA, ÀS 19h
Homenagem aos 40 anos do título carioca de 1978 conquistado pelo CR Flamengo com gol de Rondinelli. Exibição de “O DEUS DA RAÇA” com a presença dos Diretores Felipe Nepomuceno e Pedro Asbeg, além de jogadores desta conquista. Exibição do vídeo-homenagem produzido pelo Museu da Pelada.

22/09, SÁBADO, ÀS 17h
Homenagem ao Professor Paulo Cypa, coordenador da escolinha de futebol do Morro do Vidigal, que completa 30 anos de atividades ininterruptas realizando um imprescindível trabalho social ligado ao futebol e forte vínculo com a comunidade. Gerações de alunos passaram pela escolinha de futebol do Professor Cypa, um espaço de resistência há 3 décadas.
 
22/09, SÁBADO, ÀS 19h
Homenagem ao cineasta José Carlos Asbeg, Diretor de "1958 O ANO EM QUE O MUNDO DESCOBRIU O BRASIL", que receberá a Honraria Futebol Arte 2018, um reconhecimento anual do CINEFOOT aos profissionais do cinema com dedicação à cinematografia de futebol.
A homenagem central do 9˚CINEFOOT é voltada para a celebração dos 60 anos da conquista da primeira Copa do Mundo pela Seleção Brasileira. E esta sessão-homenagem culminará com a exibição de "1958 O ANO EM QUE O MUNDO DESCOBRIU O BRASIL", que revela os detalhes do inédito triunfo brasileiro na Copa do Mundo da Suécia.

22/09, SÁBADO, ÀS 21h
Homenagem à Suécia, país-homenageado do 9˚CINEFOOT, sede da Copa do Mundo vencida pelo Brasil em 1958. Exibição do filme sueco com temática de futebol feminino "FUTEBOL PARA MELHOR OU PARA PIOR“, da Diretora Inger Molin com depoimentos da craque brasileira Marta.
O FC Rosengård é um dos melhores clubes de futebol feminino do mundo. Porém, enfrenta um ano dramático com vitórias e derrotas da equipe dentro e fora do campo.
Nos bastidores, a pulsação da vida cotidiana em um local de trabalho como um clube de futebol profissional destacando a luta do clube para sobreviver em uma situação econômica difícil. Estrelando Marta e Therese Sjögran.

23/09, DOMINGO, ÀS 19h
Homenagem à fotografia e aos fotógrafos com atuação profissional no registro de imagens envolvendo o futebol. Homenagem aos fotógrafos Yuri Cortez, Nayra Halm e Antônio Lúcio (in memoriam). Exibição de dois filmes que unem fotografia e futebol:

“AS COPAS POR UM CLIQUE”, Direção de Douglas Lima e Jefferson Rodrigues.
Uma viagem por seis belas imagens de Copas do Mundo com o olhar dos fotógrafos. Histórias de fotos marcantes da Seleção Brasileira em Copas. Os personagens são os fotógrafos, jogadores, técnicos e jornalistas que estiveram nos Mundiais desde 1970 até a Copa de 2014 no Brasil e viveram esses seis momentos eternizados em uma imagem.

"A PRIMEIRA", Dir. André Gallindo.
A filha do fotógrafo Antônio Lúcio e seus negativos. Um senhor e sua caderneta. Um campeão do mundo e seu caderno. O filho de um craque e uma caixa de papelão. Personagens que não se conhecem mas que guardaram por décadas relíquias da primeira Copa do Mundo conquistada pelo Brasil. Objetos que se encontram em 'A Primeira' e formam um recorte de lembranças particular, afetivo e inédito, da preparação para o Mundial de 1958 até a volta consagrada ao Brasil após a conquista na Suécia.

24/09, SEGUNDA, ÀS 21h
Homenagem ao CR Vasco da Gama, 120 anos de fundação, 70 anos Campeonato Sul-Americano de Clubes Campeões 1948, 60 anos do Supercampeonato 1958, 20 anos da Libertadores 1998. Exibição do vídeo-homenagem produzido pelo Museu da Pelada.

MOSTRA ESPECIAL "GERALDINOS & ARQUIBALDOS“
De 21 a 24 de setembro, de sexta a segunda-feira, no CCBB - Centro Cultural Banco do Brasil

A Mostra Especial "Geraldinos & Arquibaldos“ é um segmento não competitivo do CINEFOOT que reúne filmes que abordam a paixão dos torcedores, direitos humanos, questões de gênero, raça, memória, identidade, bem como as faces humanas, democráticas e libertárias do futebol. A Mostra concentra as atividades de reflexão organizadas pelo CINEFOOT realizando algumas sessões seguidas de debate com o público.

Em 2018, a coordenação destes encontros será de Leda Costa, Pesquisadora do LEME (Laboratório de Estudos em Mídia e Esporte) da UERJ e Professora do curso de Comunicação da Unicarioca.

Foram selecionados onze filmes:

1) 25 ANOS (Dir. Diego Mello, João Pedro Castro e Rafael de Moura Machado, Brasil-RJ);
2) A EQUIPE DO MEU BAIRRO (Dir. Rafa de los Arcos, Espanha);
3) EM LA BOCA (Dir. Matteo Gariglio, Suíça/Argentina) - Com debate após a sessão;
4) FUTEBOL PARA MELHOR OU PARA PIOR (Dir. Inger Molin, Suécia);
5) UM CRAQUE ESQUECIDO (Dir. Ygor Lioi, Brasil-RJ);
6) GARRINCHA NO TIMÃO (Dir. Helvidio Mattos e Rafael Valente, Brasil-SP);
7) MINHA COPA (Dir. Karin Duarte, Brasil-RJ) - Com debate após a sessão;
8) NÓS VAMOS ACABAR COM O PLANETA (Dir. João Ricardo Moreira, Brasil-SP);
9) REFUGIADOS E FUTEBOL (Rot/Ed. Raquel Andrade, Brasil-RJ) - Com debate após a sessão;
10) SELEÇÃO-DRAMA E GLÓRIA DO BRASIL (Dir. Ernesto Rodrigues, Brasil-RJ) - Com debate após a sessão;
11) MÁRIO (Dir. Marcel Gisler, Suíça) - Com debate após a sessão e Homenagem Beescats Soccer Boys, futebol e diversidade. Equipe medalha de prata no Gay Games Paris 2018.

A MOSTRA ESPECIAL "DENTE DE LEITE“
ENTRADA FRANCA (Sujeita à Lotação da Sala)
De 21 e 24 de setembro, de sexta a terça-feira, no CCBB/RJ
Dia 22 de setembro, sábado, no CINE TEATRO EDUARDO COUTINHO
Dia 22 de setembro, sábado, no CCJF-CENTRO CULTURAL JUSTIÇA FEDERAL

Realizada pelo nono ano consecutivo, a MOSTRA DENTE DE LEITE busca contribuir para o processo de formação de espectadores, apresentando uma rica e variada seleção de curtas-metragens futebolísticos voltada para o público infantojuvenil.

- GAÚCHOS CANARINHOS, Brasil, Dir. Renê Goya Filho, DOC;
- O PRIMEIRO JOÃO, Brasil, Dir. André Castelão, ANIMA;
- A RUA É PÚBLICA, Brasil, Dir. Anderson Lima, FIC;
- A CULPA É DO NEYMAR, Brasil, Dir. João Ademir, FIC;
- TAPETE VERDE, Brasil, Dir. Angelo Martin, DOC;
- DOIS PÉS ESQUERDOS, Itália, Dir. Isabella Salvetti, FIC;
- CRAQUE, Espanha, Dir. Julián Candón, FIC.

CINEFOOT EM NITERÓI
De 21 a 24 de setembro, de sexta a segunda-feira, no CINE ARTE UFF
 
O CINE ARTE UFF recebe o CINEFOOT em Niterói pelo segundo ano consecutivo, apresentando uma seleção especial de filmes inéditos na cidade. Destaque para a produção niteroiense “AS COPAS POR UM CLIQUE”, com Direção de Douglas Lima e Jefferson Rodrigues, que fará a estreia dia 24/09, às 19h, no CINE ARTE UFF, com a presença dos Diretores. E também para a presença do Diretor uruguaio Luis Ara Hermida para apresentar "PARA SEMPRE CHAPE“, dia 21/09, às 19h.

Filmes programados para o CINEFOOT em Niterói, Cine Arte UFF:

21/9, sexta, às 19h: “PARA SEMPRE CHAPE”, Direção Luis Ara (Uruguai, 74 min.)
Em 2016, a Chapecoense se classificou para a final da Copa Sul-Americana, algo inédito para o clube até então. Mas a trajetória histórica foi interrompida no dia 28 de novembro do mesmo ano, quando o avião que transportava o time para a grande partida sofreu um grave acidente, provocando a morte de 71 pessoas.

22/9, sábado, às 19h: “FUTEBOL PARA MELHOR OU PARA PIOR”, Direção Inger Molin (Suécia, 72 min.)

FC Rosengard é um dos melhores times de futebol feminino do mundo e conta com a brasileira Marta na equipe. Mas enfrenta um ano dramático com vitórias e derrotas dentro e fora do campo. Nos bastidores, a vida cotidiana em um local de trabalho como um clube de futebol profissional e ao mesmo tempo a luta para sobreviver a uma situação econômica difícil.

23/9, domingo, às 19h: “ÉRAMOS REIS”, Direção Ernesto Rodrigues (Brasil, 44 min.); “GARRINCHA DO TIMÃO”, Direção Helvidio Mattos e Rafael Valente (Brasil, 52 min)

“ÉRAMOS REIS”: Preciosidades inéditas a partir de 1913, incluindo um amistoso do Corinthian inglês contra um combinado carioca; a excursão que entrou para o hino do Atlético Mineiro; o Bahia no inverno de Moscou; pancadaria do Vasco com o Real Madrid; o reinado francês de Paulo César Caju. O veredicto da imprensa internacional ilustrado por conteúdos audiovisuais inéditos de craques como Garrincha, Nilton Santos, Carlos Alberto, Zico, Ronaldo Nazário, Ronaldinho Gaúcho, Júnior, Falcão, Cerezzo, Roberto Carlos, Marcelo, Romário, Neymar e outros.

“GARRINCHA DO TIMÃO”: A passagem de Mané Garrincha pelo Corinthians. Garrincha e Corinthians não tinham razão para se aproximar em janeiro de 1966. Mesmo assim, apertaram as mãos e se uniram para tentar dar a volta por cima.

24/9, segunda, às 19h: “TRÊS NO TRI”, Direção Eduardo Souza Lima (Brasil, 15 min);  “AS COPAS POR UM CLIQUE”, Direção Douglas Lima e Jefferson Rodrigues (Brasil, 66 min.)

“TRÊS NO TRI”: Copa do México, 1970: Pelé faz o gol da virada contra a Tchecoeslováquia, ajudando a seleção brasileira rumo ao tricampeonato. Orlando Abrunhosa imortalizou o feito na foto mais reproduzida mundo afora, mas esta não é a sua única façanha.

“AS COPAS POR UM CLIQUE”:  A história de seis fotografias emblemáticas da Seleção Brasileira em Copas do Mundo contada por fotógrafos e personagens que viveram aqueles momentos eternizados em uma imagem.

SESSÃO ESPECIAL DE ENCERRAMENTO E PREMIAÇÃO E PREMIÈRE DO FILME "A COPA DOS TRABALHADORES“.
Dia 25 de setembro, terça-feira, às 20h, no ESTAÇÃO NET BOTAFOGO

O programa da sessão de encerramento e premiação do CINEFOOT no Rio de Janeiro apresenta Première no Brasil do filme britânico "A COPA DOS TRABALHADORES“, Direção de Adam Sobel.

“A COPA DOS TRABALHADORES” é um olhar próximo e pessoal dentro dos campos de trabalho do Catar, onde a Copa do Mundo 2022 está sendo construída contando com o esforço de mais de um milhão de trabalhadores migrantes. O filme segue uma equipe de trabalhadores. De dia eles suam para construir a Copa do Mundo em condições adversas, enquanto à noite competem em um torneio de futebol dos trabalhadores, jogando nos mesmos estádios que um dia receberão os maiores jogadores do mundo. Cada partida disputada oferece uma fuga momentânea da saudade e do isolamento com que lutam como a classe mais baixa do país mais rico do mundo e as brutais condições de trabalho oferecidas.

Serão entregues as Taças de Melhor Curta e Melhor Longa do 9˚CINEFOOT, e o Troféu João Saldanha, destinado ao filme que melhor expressa as faces humanas, democráticas e libertárias do futebol.

O CINEFOOT mantém parceria com a FICTS- Federation Internationale Cinema Television Sportifs. Esta tradicional federação italiana, sediada em Milão, reúne os 18 mais prestigiosos festivais de cinema esportivo do mundo, sendo o CINEFOOT o único representante brasileiro neste seleto circuito internacional.

SESSÃO ESPECIAL "PRORROGAÇÃO“
Dia 1º de outubro, segunda-feira, às 19h30, no CINEMAISON

Tradicionalmente realizada logo após o encerramento das competições do CINEFOOT, a "SESSÃO ESPECIAL PRORROGAÇÃO“ acontecerá no Cinemaison com entrada franca, apresentando a estreia do filme ficcional francês que tem o futebol como eixo da sua trama, “A GRANDE ÁREA” (La Surface de Réparation).

Direção: Christophe Regin (Ficção, 94 minutos, cor, França, 2018)
Roteiro: Christophe Regin; Roteiro: Julie Darfeuil; Production Executiva: Florence Diez; Produção: Hugues Charbonneau; Marie-Ange Luciani; Montagem: Frédéric Baillehaiche; Fotografia: Simon Beaufils; Som: Emmanuel Bonnat; Cast: Franck Gastambide, Hippolyte Girardot, Moussa Mansaly, Alice Isaaz e grande elenco.
Franck vive há 10 anos à margem de um clube de futebol provinciano. Sem status ou salário, ele conhece bem os jogadores e os observa em detalhe. Uma noite ele conhece Salomé, a ex-amante de um jogador, que está de olho em Djibril, uma antiga estrela do futebol que pretende encerrar a sua carreira no clube.


 
Programação completa: www.cinefoot.org
 

Serviço: 9º CINEFOOT - Festival de Cinema de Futebol (Rio de Janeiro)
ESTAÇÃO NET BOTAFOGO: Rua Voluntários da Pátria, 88 - Botafogo
De 20 a 25 de setembro.
Sala 1: 249 lugares.
CCBB-CENTRO CULTURAL BANCO DO BRASIL: Rua Primeiro de Março, 66 - Centro
De 21 a 24 de setembro.
Capacidade: Sala 1: 102 lugares (no dia 24/9). Sala 2: 52 lugares (de 21 a 23/9).
CCJF-CENTRO CULTURAL JUSTIÇA FEDERAL: Av. Rio Branco, 241 – Centro
De 21 a 23 de setembro.
Capacidade: 56 lugares.
CINE ARTE UFF: Rua Miguel de Frias, 9 - Icaraí, Niterói
De 21 a 24 de setembro, às 19h
Capacidade: 525 lugares.
CINE TEATRO EDUARDO COUTINHO: Av. Dom Helder Câmara, 1184 - Benfica
Dia 22 de setembro, às 15h e às 19h.
Capacidade: 200 lugares
*Todas as sessões possuem entrada franca e sujeita à lotação da sala.
Classificação: 12 anos

Serviço: “PRORROGAÇÃO CINEFOOT”
CINEMAISON: Av. Presidente Antônio Carlos, 58 - Centro.
Dia 1º de outubro, segunda-feira, às 19h30
Capacidade: 353 lugares.
Entrada franca e sujeita à lotação da sala.
Classificação: 12 anos.








voltar ao topo